Alma Carioca

Pudim de Cachaça - Crônica sobre o bairro do Flamengo no Rio de Janeiro

Maria Angelica Monnerat Alves

Baixo, negro, bigodes ralos. Os olhos, duas bolas avermelhadas. Os pés, inchados, crestados. Era o Pudim. O Pudim de cachaça. Amigo das crianças, dos velhos e dos cães sem dono. Sua casa era a praça São Salvador. Como cama, os bancos de duras ripas de madeira. Era o Pudim. Aliás, o Augusto. Era como queria que o chamassem. O "gusto" soava "guchhto".

Sexta-feira era festa. Era feira. A praça se enchia de barracas coloridas, de feirantes sacrificados. As hortaliças, as frutas, os peixes, tudo era alegria para o Pudim. Nesse dia, ele esperava a hora da "xepa" e, infalivelmente, levava para minha mãe ora uma tangerina, ora um ramo de flores murchas. Chamava-a "madrinha", porque ela era a única que o tratava pelo nome.

Os moleques da rua, ao fim de certo tempo, já não o importunavam mais. E o apelido, de trocista, passou a carinhoso. Os motoristas dos ônibus que faziam ponto na praça, adotaram-no. No final de semana, pagavam-lhe a barba. No final do mês, o cabelo. E o Pudim passou a ajudar na manutenção dos carros. Por um nada, sentia-se importante. A casa continuava a ser a praça. A escadaria do chafariz, o local ideal para curtir a bebedeira diária. E assim levava a vida, o Pudim.

Num dia de inverno brabo, encontraram-no sem vida. Alvoroço na praça. Os motoristas se cotizaram, pagaram o enterro (teve até coroa!). E, sete dias depois, missa. Tudo dentro do usual.

A praça, agora, abriga outros moradores: bêbados, mulheres edemaciadas, crianças sem lar. Mas nenhum deles consegue ter a dimensão sentimental do Pudim. São anônimos, fila interminável de vidas mortas, nenhum se nos destaca. Os motoristas de ônibus já não são mais os mesmos, as crianças cresceram, a feira mudou de lugar.

Entre o passado e a nova realidade, a imagem do Pudim permanece: comovente, patética, intemporal, dando-nos a certeza de que ele morreu Augusto, como sempre quis.

Maria Angelica é professora de português para estrangeiros e tem um site na internet dedicado ao seu trabalho: www.portugueasy.com.br


Fotos da cidade do Rio de Janeiro

Rio antigo - Flamengo, Botafogo, Laranjeiras



Recomendar com o Google +1: Recomendar esse artigo a um amigo Email

Bairros 

do Rio de Janeiro

Leblon Copacabana Ipanema
Lagoa Urca Botafogo
Flamengo Barra da Tijuca Santa Teresa
Glória Catete Lapa
Alto da Boa Vista Centro Tijuca
Grajaú Vila Isabel Méier
Madureira Cosme Velho São Cristóvão
Penha Ilha do Governador Ilha de Paquetá
Usina Jacarepaguá Realengo
Cordovil Penha - Um desabafo

Página inicial do ALMA CARIOCA
Seções:
Rio de Janeiro
Turismo no Brasil e Viagens Nacionais
Turismo e Viagens Internacionais
Esportes
Olimpíadas Rio 2016 - Jogos Olímpicos e Paraolímpicos
Copa do Mundo Brasil 2014
Vídeos musicais nacionais
Vídeos musicais internacionais
Vídeos clips de músicas clássicas
Clipes musicais de filmes e trilhas sonoras
Melhores Sambas Enredo de Todos os Tempos
Vídeos de Mantras para Relaxamento e Meditação
Vídeos de músicas românticas internacionais e nacionais
Desenhos animados antigos da tv
Seriados antigos da tv
Trailers de filmes
Trailers de filmes clássicos de maiores bilheterias
Restaurantes, receitas e gastronomia
Crônicas
Bossa Nova
Rio Antigo
História Geral
História do Brasil
Geografia, Biomas brasileiros e ecossistemas
Artistas e celebridades

comments powered by Disqus

Política de Privacidade - Fale conosco
© 2001-2015 - Copacabana Internet